O programa operacional regional do Norte destinou 20 milhões de euros de fundos comunitários para apoiar todas as empresas da região que queiram contratar pessoas com doutoramento, contribuindo assim para a sua competitividade.

Através do Fundo Social Europeu (FSE), o Norte 2020 lançou dois novos concursos destinados a apoiar a contratação de “recursos humanos altamente qualificados dotados de grau académico com nível de qualificação igual a oito”, ou seja, com um doutoramento.

Em comunicado, a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N), responsável pela gestão do Norte 2020, explica que a iniciativa pretende “contribuir para a competitividade das empresas através do incremento de competências empresariais em investigação e desenvolvimento tecnológico, intensificando as interações entre empresas e as entidades não empresariais do sistema de investigação e inovação”.