No ano passado os cal centers empregavam mais de 40 mil pessoas, o que significa 0,9% do volume total do emprego. Seguindo o Jornal de Notícias, a atividade gerou um volume de negócios estimado em 470 milhões de euros.

Em 2014, as receitas subiram 7%, depois de terem aumentado 11% em 2013. Só em maio abriram dois novos centros no Norte do país. Mas não fica por aqui. Só para os centros da Altice está prevista a criação de quatro mil novos empregos.

Lisboa e Porto são as cidades onde se concentra o maior número de centros.