O Google e o Youtube procuram trabalhadores que falem fluentemente português e inglês. Nenhuma das duas empresas, que pertencem ao mesmo grupo, especifica quantas são as vagas disponíveis.

No caso do Google, as oportunidades de emprego são para coordenadores na a área de Recursos Humanos. Além de falarem inglês e português fluentemente, os candidatos devem ter visto para trabalhar em Austin e Nova Iorque, nos Estados Unidos.

O motor de pesquisa tem ainda outros requisitos: os candidatos devem ser licenciados, criativos, dinâmicos, saber trabalhar em equipa, ter facilidade em trabalhar com contas, e experiência prévia em funções semelhantes.

Os escolhidos terão a função de escolher os profissionais que posteriormente integrarão os quadros da empresa.

Já o Youtube, procura trabalhadores para a equipa de Apoio ao Cliente em San Bruno, na California, e em Dublin, na Irlanda.

O site de partilha de vídeos procura também candidatos licenciados, com experiência profissional prévia e, mais uma vez, ser dinâmicos e pro-ativos.

Os escolhidos terão a responsabilidade de atender os utilizadores e subscritores premium do canal, e gerir e resolver os problemas apresentados.