O presidente da Câmara de Vila Nova de Gaia, Eduardo Vítor Rodrigues, anunciou o arranque de três investimentos privados que criarão, no concelho, mais de 100 postos de trabalho.

Em reunião de câmara pública, o socialista comunicou a construção, ainda este ano, de um hotel de charme e de duas superfícies comerciais.

O autarca revelou que, dentro de dois meses, na escarpa da serra do Pilar começarão as obras de construção de um hotel de charme que irá empregar 25 pessoas.

«Iremos trazer à próxima reunião de câmara a declaração de interesse público do projeto para que beneficie dos fundos do Instituto do Turismo e da isenção de taxas», frisou.

No início deste mês arrancaram, junto ao nó do Fojo, as obras de uma superfície comercial que se estima possa criar 45 postos de trabalho.

«Este projeto estava parado porque havia outro município interessado em receber o investimento, mas Vila Nova de Gaia criou um quadro apetecível», justificou o autarca.

Eduardo Vítor Rodrigues salientou ainda que a obra deverá ter um prazo de duração de um ano, pelo que deverá estar aberto ao público no início de 2015.

Em Avintes, salientou o presidente do município, será instalada uma superfície comercial, construída ao abrigo do Fundo Jessica e financiada pelo Banco Europeu de Financiamento.

No total, a infraestrutura deverá dar emprego a 40 pessoas.

«O concelho de Vila Nova de Gaia é um concelho em pujança», frisou.