Portugal vai realizar uma emissão de dívida na próxima quarta-feira, a primeira depois da queda do Governo. A ideia é encaixar entre 1.000 e 1.250 milhões de euros em Bilhetes do Tesouro a seis e 12 meses.

O IGCP adianta na sua página da Internet que os leilões vão realizar-se então a 18 de novembro, pelas 10:30.

Em causa, está dívida de curto prazo com maturidades em maio de 2016 e em novembro de 2016, "com um montante indicativo global entre 1.000 milhões de euros e 1.250 milhões de euros".

Na última emissão de dívida, a 21 de outubro, o IGCP encaixou mais 1.400 milhões de euros através de títulos de dívida de curto prazo. Não só pagou menos do que na vez anterior, como conseguiu até juros negativos