A Grécia vai voltar em breve aos mercados financeiros internacionais depois de ter estado afastada desde a primavera de 2010, informou hoje o Ministério das Finanças, após rumores sobre a possibilidade de o regresso ser na quinta-feira.

«A República Grega anunciou hoje que ordenou aos bancos que prepararem uma emissão de títulos a cinco anos em euros e sujeitos ao direito britânico. Espera-se que a transação tenha lugar muito em breve», indicou o Ministério das Finanças em comunicado.

Segundo informações divulgadas pelos media gregos, a emissão deverá ser no valor de 2.500 milhões de euros e o Governo espera que a taxa fique entre 5,25% e 5,3%.

Os bancos JPMorgan e Deutsche Bank estão entre os operadores envolvidos nesta emissão de dívida, segundo o canal de televisão Mega, enquanto outras fontes referem que há um grupo de seis entidades financeiras, incluindo o Goldman Sachs.

Esta informação foi divulgada um dia depois de a Grécia ter conseguido uma descida de meio ponto percentual nos juros da dívida a curto prazo, com uma emissão de títulos a seis meses.