“Os dados que foram colocados são provisórios, porque são feitos com informação disponível no final do primeiro semestre deste ano, faltando informação sobre a França e Suíça”, explicou o sociólogo, sublinhando que até ao final do ano haverá uma ligeira correção em alta.