A Parparticipadas anunciou esta sexta-feira ter chegado a acordo para a venda da totalidade do capital do Banco Efisa à Pivot SGPS, cujos acionistas são “entidades portuguesas e estrangeiras” e que era um dos oito candidatos à compra da instituição.

Em comunicado, a Parparticipadas adianta que “o processo prosseguirá agora com a obtenção, nos termos legais, dos respetivos pareceres das autoridades governamentais e de supervisão”.

Recentemente, o presidente do conselho de administração da Parvalorem, Francisco Nogueira Leite, avançou à agência Lusa que as oito propostas para a compra do Banco Efisa estavam a ser analisadas pelos assessores financeiros da Parparticipadas - entidade que ficou com o Banco Efisa após a nacionalização do Banco Português de Negócios (BPN) - e que a decisão final seria tomada nos dias seguintes.