O conjunto das economias que compõem a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) cresceu 0,5 por cento no terceiro trimestre deste ano, face ao segundo. Isto significa que se manteve o ritmo de crescimento registado entre abril e junho.

Os dados, ainda preliminares da OCDE, confirmam que a economia portuguesa cresceu 0,2%.

No que toca às principais economias da organização, tanto no Reino Unido, como nos EUA, o crescimento acelerou.

Já o Japão e a Alemanha abrandaram, a maior economia da Europa cresceu apenas 0,3%.

Já França e Itália registaram contrações. No caso de Itália é o nono trimestre consecutivo de recessão.