A REN registou lucros de 39,4 milhões de euros no primeiro trimestre do ano, uma subida de 49,8% relativamente ao período homólogo.

Em comunicado enviado à Comissão de Mercado e Valores Mobiliários, a empresa sublinha que o resultado líquido recorrente diminuiu 2,9 milhões, para 30,3 milhões de euros.

O CAPEX ascendeu a 8,4 milhões, menos 1,1 milhões face ao primeiro trimestre de 2014.

O EBITDA totalizou 138,3 milhões um crescimento de 9,4%. Segundo a empresa, este indicador beneficiou da venda da participação da REN na Enagás (mais 20,1 milhões), mas foi penalizado pelas alterações regulatórias introduzidas recentemente no sector elétrico.

A dívida líquida apresentou uma evolução estável (mais 0,2%), face ao abrandamento registado no CAPEX.