A reunião do Eurogrupo, no Luxemburgo, terminou sem acordo sobre a Grécia, mas há já novo encontro agendado para a próxima segunda-feira, desta vez com os chefes de governo dos estados-membros.

Os líderes europeus preferiram não esperar pelo conselho marcado para quinta-feira, que já estava previsto, e agendaram uma cimeira para voltar a debater a eventual bancarrota da Grécia. " Considerando o resultado da reunião de hoje do Eurogrupo é hora de discutir urgentemente a situação da Grécia no nível político mais alto", disse fonte à agência Reuters.

Ao que a TVI apurou, a discussão em torno de Atenas durou apenas uma hora e Yanis Varoufakis monopolizou metade do tempo: o ministro das finanças falou durante 30 miuntos, altura em que apresentou novas propostas aos colegas da zona euro. 

Foram 5 páginas de novas ideias e, no fim, mais uma vez, não houve acordo entre os estados-membros e a Grécia sobre uma extensão do resgate e o cumprimento das obrigações aos credores.