Os CTT estão a estudar uma eventual proposta de compra da PT Portugal. A informação foi avançada por um jornalista da revista Veja, num blog ligado à revista brasileira, mas não vai além de uma linha. Essa linha diz que a Oi já foi informada desta intenção.

Segundo o Diário Económico não há qualquer decisão tomada por parte da equipa de Francisco Lacerda, mas o tema tem sido alvo de análise mais profunda nos últimos dias.

Já o Jornal de Negócios diz que os CTT estão a ser pressionados para entrarem numa proposta, se possível nacional, para a compra dos ativos da Oi em Portugal.

A TVI tem tentado esclarecer a situação junto dos CTT, mas sem sucesso.

Em cima da mesa estão duas propostas concretas: a francesa Altice oferece 7,025 milhões de euros, e os fundos Apax e Bain avaliam a empresa em 7,075 milhões. A oferta de ambas vale para os ativos da PT fora de África, mas impõem condições. 

Uma delas é que não assumem a dívida de quase 900 milhões de euros de empréstimo à Rioforte. A outra, é um desconto final no preço caso a portuguesa não atinja determinadas metas de receitas e EBITDA. 

O jornal brasileiro Folha de São Paulo adianta esta quinta-feira que a Oi estará a negociar com ambos os oferentes, no sentido de conseguir receber 7 mil milhões de euros «limpos».