A dívida pública do Japão, a maior do mundo desenvolvido, atingiu o volume recorde de 1.017,9 biliões de ienes (7,29 biliões de euros) no final de 2013, informou esta segunda-feira o Governo nipónico.

O valor supera o anterior de 1.011,2 biliões de ienes (7,24 biliões de euros), registado no final de setembro, e é mais do dobro do PIB nominal de 2012, que se situou em 475 biliões de ienes (3,4 biliões de euros).

O Ministério das Finanças estima que o volume da dívida atinja os 1.038,7 biliões de ienes (7,44 biliões de euros) no final de março, quando fecha o ano fiscal no Japão.

De acordo com o boletim trimestral do ministério, a dívida corresponde a cerca de 849,1 biliões de ienes (cerca de 6 biliões de euros) em títulos do Estado, 55,2 biliões (395.621 milhões de euros) em empréstimos de instituições financeiras, e 113,6 biliões (814.094 milhões de euros) em emissões a curto prazo.

O volume da dívida per capita situou-se em cerca de oito milhões ienes (57.327 euros), com base na população japonesa de 127,2 milhões de pessoas.