O Banco Central Europeu (BCE) poderia dar 1.300 euros a todos os cidadãos da Zona Euro, caso não encontrasse outra maneira de puxar pela inflação. A opinião é do Nordea Bank.

Apesar de ter registado uma ligeira subida, a inflação na Zona Euro manteve-se durante o mês de março em valores negativos. O objetivo do BCE é que a inflação esteja abaixo, mas próxima dos 2%.

O economista Milton Friedman foi o responsável por ilustrar a ideia de um helicóptero a atirar dinheiro da janela para as pessoas, em 1969. O objetivo? Estimular a inflação e puxar pela economia.

O BCE pôs de lado a ideia de distribuir dinheiro pelos cidadãos – o chamado 'Helicopter Money' (Dinheiro para o Povo) – após uma declaração do seu economista-chefe de que isso não passava apenas de uma opinião, em teoria.

O banco central já está a gastar milhões de euros através do seu programa de compra de ativos (quantitive easing) para estimular a economia e afastar os riscos de deflação.

“O Dinheiro para o Povo, atualmente, não faz parte da discussão do Conselho de Governadores do BCE”, disse Benoit Coeure, membro da comissão executiva, na quarta-feira. “Para ser honesto, não estou a ver como é que isso poderia funcionar sem haver qualquer tipo de risco partilhado com os governos, o que poderia levantar problemas legais”.

No entanto, o Nordea bank considera que "estamos num ambiente onde o banco central devia tentar algo novo”.