O vocabulário entrou no dia-a-dia dos portugueses, sobretudo desde que a crise da troika eclodiu: empreendedorismo e startups. Haja fundos de investimento que as ideias brilhantes podem sair do papel. Poderá ser essa, agora, a oportunidade para quem quiser concorrer ao Seedcamp, um dos maiores fundos de investimento europeus, que aposta em empresas ainda em fase embrionária.

A iniciativa volta a Lisboa a 2 de outubro, na Culturgest, mas as inscrições estão abertas só até dia 8 de setembro. E são gratuitas.

O evento inclui «uma masterclass e pitches de cada startup participante, com feedback imediato do Seedcamp e da Beta-i, assim como de especialistas em desenvolvimento de produto e de negócios, e de investidores internacionais. Entre as startups participantes, as que apresentarem os pitches mais promissores serão escolhidas para participar no Seedcamp Week em Berlim, em novembro, de onde sairão os próximos investimentos», lê-se em comunicado.

A partilha de experiências de sucesso entre empreendedores é garantida. Portugal é o segundo país do mundo com mais startups investidas pelo Seedcamp - que já vai na terceira edição em território nacional-, entre as quais estão a Modelo3, CrowdProcess, Codacy, Hole19, Popcorn Metrics, Zercatto e Cashtag.

Aqui, no tvi24.pt, publicámos recentemente uma reportagem sobre uma delas, a Hole19, uma app nacional que está à conquista do mercado de golfe internacional e que venceu o 3º Prémio Nacional de Indústrias Criativas, em 2011.