A taxa de inflação anual da zona euro manteve-se nos 0,8% em janeiro, tal como em dezembro de 2013, e recuou ligeiramente, para os 0,9% ao nível da União Europeia, revela esta segunda-feira o Eurostat.

Portugal foi um dos quatro países europeus onde os preços caíram, embora ligeiramente, com uma taxa de inflação em janeiro de 0,1%, quando a verificada em dezembro do ano passado fora de 0,2%.

De acordo com o gabinete oficial de estatísticas comunitário, os preços mantiveram-se estáveis no conjunto dos países da moeda única, com uma taxa de inflação anual de 0,8%, tal como em dezembro, embora há duas semanas a estimativa rápida divulgada apontasse para uma pequena descida (para 0,7%).

Entre os 28 países da União Europeia, a taxa de inflação anual foi de 0,9% em janeiro, um ligeiro recuo face a dezembro (1%).

Há um ano, a taxa de inflação anual atingia os 2% ao nível dos países do euro e os 2,1% na União Europeia.

Chipre (-1,6%), Grécia (-1,4%) e Bulgária (-1,3%) continuaram a ser os países europeus com taxas de inflação anual mais baixas, enquanto as mais elevadas verificaram-se no Reino Unido e na Finlândia (1,9% cada).

Face a dezembro de 2013, o Eurostat refere que a taxa de inflação anual caiu em dezassete Estados-membros, manteve-se estável em sete e aumentou em quatro.