Os Planos Poupança Reforma (PPR) foram os produtos do ramo Vida que mais aumentaram nos últimos doze meses, com uma subida de 8,6% entre fevereiro do ano passado e fevereiro de 2015, refere a Associação Portuguesa de Seguradores (APS).

De acordo com a Lusa, em comunicado, a associação que representa o setor dos seguros adianta que os PPR aumentaram em 260 milhões de euros, passando dos 12.426 milhões de euros para 13.490 milhões em fevereiro deste ano.

"Uma evolução que não é de estranhar no atual contexto de expansão das contribuições para este tipo de produtos, mais 32,6% nos dois primeiros meses de 2015, face ao período homólogo do ano anterior", frisa o comunicado.

Em termos globais, a APS refere que os portugueses acumulam quase 43 mil milhões de euros em seguros de poupança, um crescimento de 4,7% no período em análise, já que há um ano, este montante estava nos 41.119 milhões de euros. Ou seja, em termos nominais houve um aumento de cerca de 1.900 milhões de euros.

A maior parte das poupanças aplicadas nas seguradoras continua concentrada noutros produtos de capitalização, que mantêm igualmente um ritmo de crescimento elevado, com mais 5,1% para os 27.253 milhões de euros. Já as operações de capitalização estão em forte queda, menos 30,2% para os 1.166 milhões de euros.