Cada português tem, em média, um poder de compra de 10 mil euros por ano, valor que coloca o país no vigésimo lugar de um estudo da GfK realizado em 42 países europeus. O país surge assim à frente da Grécia, que ocupa o 21º lugar, e atrás de Espanha (que esta no lugar 17). A média europeia é de 12.890 euros/habitante/ano.

Por regiões, o documento revela que os habitantes do distrito de Lisboa têm um poder médio anual de compra de 14.145 euros, mas na Ilha do Corvo, nos Açores, esse poder de compra médio anual per capita é de apenas 6.443 euros.

No topo da tabela europeia, o Liechtenstein surge com um poder de compra médio anual de 58.844 euros, seguido da Suiça (36.352 euros) e Noruega (31.707 euros).

Do lado oposto, surge a Moldávia no último lugar, com cada habitante a poder gastar uma média de 1.284 euros por ano.