A concessionária das pontes 25 de Abril e Vasco da Gama, a Lusoponte, subiu o preço das portagens em cinco cêntimos no início deste mês e justificou este valor com a fórmula prevista no contrato de concessão, escreve o «Jornal de Negócios».

Segundo o mesmo jornal, agora, o Governo está a analisar esta decisão, que lhe foi comunicada pela empresa, até dia 7 de janeiro.

O cálculo feito pela Lusoponte é diferente daquele utilizado pela Brisa e que manteve os preços das portagens inalterados este ano.