Os pedidos de reforma na função púbica desceram 20% entre janeiro e junho deste ano.

De acordo com o «Diário Económico», a Caixa Geral de Aposentações (CGA) recebeu menos de 10 mil requerimentos no primeiro semestre.

O Governo aumentou a idade legal exigida para a aposentação na função pública para os 65 anos, o que pode ajudar explicar a queda dos pedidos de reforma.

Ainda assim, do total dos quase 9.700 pedidos de reforma, cerca de 1.250 são referentes a reformas antecipadas.