A contribuição audiovisual, cobrada na fatura de eletricidade, e destinada a financiar a RTP, vai aumentar em 2014, segundo a proposta do Orçamento do Estado para 2014 (OE 2014).

O documento prevê que «o valor mensal da contribuição é de 2,65 euros, estando isentos os consumidores cujo consumo anual fique abaixo dos 400 Kwh», quando atualmente, o valor desta contribuição é de 2,25 euros por mês. Ou seja, há um aumento de 40 cêntimos por mês.

Contas feitas, em termos anuais, cada consumidor de eletricidade paga mais de 30 euros por ano em contribuição audiovisual.

«A contribuição para o audiovisual é estabelecida tendo em atenção as necessidades globais de financiamento do serviço público de radiodifusão e de televisão, devendo respeitar os princípios da transparência e da proporcionalidade», refere o Governo.

«O financiamento dos serviços públicos de radiodifusão e de televisão é assegurado por meio de cobrança da contribuição para o audiovisual e pelas receitas comerciais dos respetivos serviços», adianta ainda.