Mais de 45 mil pessoas perderam o Rendimento Social de Inserção (RSI) em maio face ao mês homólogo de 2013, fixando-se nos 221.333 beneficiários, segundo os últimos dados do Instituto da Segurança Social (ISS).

Os dados da Segurança Social, atualizados a 03 de junho, referem que 221.333 pessoas beneficiaram desta prestação social em maio, menos 3.173 relativamente a abril, mês em que estavam registados 224.506 beneficiários (-1,4%).

Num ano, a quebra registada foi mais acentuada: em maio de 2013 estavam registados 266.651 beneficiários, mais 45.318 do que em maio deste ano, o que representa uma perda de 20,4%.

A maioria dos beneficiários do RSI encontra-se nos distritos do Porto (63.460), Lisboa (38.564), Açores (17.609) e Setúbal (17.405).

É também nos distritos do Porto, Lisboa e Setúbal que se encontra o maior número de famílias a beneficiar desta prestação social, com 27.222, 16.458 e 7.547, respetivamente.

Em maio, beneficiavam deste apoio 94.204 famílias, menos 1.124 do que no mês anterior, mantendo-se a quebra registada mensalmente na atribuição do RSI.

Relativamente ao mês homólogo de 2013, há menos 15.998 famílias a receberem RSI, uma quebra de 16,9%.

Segundo o ISS, o valor médio por beneficiário situou-se nos 89,86 euros em maio e por família em 214,67 euros.