A poucas horas de encerrar o segundo leilão de energia da Deco, que termina esta sexta-feira à meia-noite, registam-se mais de 150 mil consumidores inscritos que pretendem poupar nas faturas de eletricidade e gás, segundo o site do leilão.

Cerca das 14:45 existiam no site (www.paguemenosenergia.pt) 150.161 inscrições de consumidores interessados em saber os preços da luz e gás natural que vão ser leiloados na próxima segunda-feira, dia 30.

O leilão da Deco integra gás e eletricidade e vai ter quatro modalidades, para não deixar de fora quem não está interessado numa oferta combinada: eletricidade simples; eletricidade com bi-horário; eletricidade e gás com tarifa simples e proposta dual com tarifa bi-horária.

A Deco garante que não há cláusulas abusivas nos contratos do comercializador que vencer o leilão e que o período de fidelização de 12 meses vai ser apenas uma segurança para o consumidor, uma vez que não poderão ser aplicadas penalizações aos consumidores que quiserem desistir do contrato antes de terminados os 12 meses.

O primeiro leilão de energia da associação para a defesa do consumidor foi lançado em maio do ano passado e contou com quase 600 mil consumidores inscritos, cerca de 10% do mercado doméstico de eletricidade.

No primeiro leilão de eletricidade a EDP ofereceu, quase no dia a seguir a ser conhecido o vencedor, uma proposta ainda mais atrativa para o consumidor, um risco que a Deco não afasta que possa acontecer também neste segundo leilão.

Quem beneficiou do primeiro leilão da Deco pode também participar neste leilão, sem qualquer prejuízo, esclareceu a associação.