Mais de 53 mil consumidores inscreveram¿se, em pouco mais de uma semana, no segundo leilão de energia da Deco, marcado para 30 de junho para fazer baixar a conta da eletricidade e gás natural, informou a associação.

Dos 53.091 inscritos até ao início da tarde de hoje, mais de metade (55%) são consumidores que já tinham participado no primeiro leilão de energia da Deco, lançado em maio do ano passado.

No anterior leilão aderiram quase 600 mil consumidores ou cerca de 10% do mercado doméstico de eletricidade.

A Endesa foi a única empresa que apresentou propostas no primeiro leilão.

As inscrições para o segundo leilão de energia começaram a 12 de maio e terminam a 27 de junho, e abrange os interessados em propostas de fornecimento eletricidade simples, com bi-horário, e ainda eletricidade e gás numa proposta conjunta, com tarifa simples ou tarifa bi-horária.

No portal www.paguemenosenergia.pt, no qual são feitas as inscrições para o leilão, a Deco afirma ser possível obter melhores condições económicas ao juntar as duas energias, eletricidade e gás, mas ressalva que também podem beneficiar do leilão quem quiser apenas mudar o fornecedor de eletricidade.

A partir de 15 de julho, a associação vai enviar aos consumidores inscritos no leilão estimativas de poupança, podendo estes tomar a decisão de mudança de fornecedor até 30 de setembro.