Está em marcha o concurso para a construção do novo terminal de cruzeiro em Lisboa.

Há três consórcios na corrida (oito empresas isoladamente ou em consórcio), sendo que o projeto quer multiplicar o número de turistas de navios de cruzeiro, para mais de um milhão de passageiros por ano.

Um destes consórcios tem a empresa portuguesa Mota-Engil. Uma outra candidatura conta com a Royal Caribbean Cruises. O investimento chega aos 22 milhões de euros.

Um dos objetivos é que Lisboa, em vez de ser um porto de escala dos grandes navios, passe a ser também um porto de início e fim de viagens.

Este ano, o porto de Lisboa espera receber 561 mil turistas de navios de cruzeiro.

Com o novo projeto, o número de passageiros vai subir, e pode chegar mesmo a um milhão e 800 mil turistas por ano. O terminal vai ser construído na zona de Santa Apolónia.

A execução do projeto deve arrancar no início do próximo ano para que os turistas possam ser recebidos na nova gare em 2015.

A obra a concurso é um projeto do arquiteto Carrilho da Graça.