Mais de 72 mil pessoas já assinaram a petição lançada pela Deco para acabar com as comissões bancárias nas contas à ordem. A associação de defesa do consumidor precisava de apenas 4 mil para que o assunto fosse debatido no Parlamento.

No documento, que ainda pode ser assinado, a Deco afirma que as despesas de manutenção nas contas à ordem aumentaram 41% desde 2007 e considera esta cobrança «abusiva», uma vez que não tem nenhum serviço associado.

Pelas contas da associação, estas comissões penalizam sobretudo quem tem rendimentos mais baixos, já que um saldo médio de 3.500 euros está a pagar em média 12,62 euros, enquanto que um salário de apenas 500 euros também tem de pagar.

A petição termina em agosto.