O CDS-PP questionou o Banco de Portugal sobre as comissões de manutenção das contas bancárias, sugerindo que a entidade intervenha diretamente na matéria.

No requerimento divulgado nesta quinta-feira e dirigido ao Banco de Portugal, através da presidente da Assembleia da República, deputados do CDS-PP citam um levantamento da DECO Proteste, segundo o qual as despesas de manutenção associadas às contas bancárias à ordem aumentaram 41%, em média, desde 2007.

Os deputados centristas pedem a confirmação dos dados da Deco e, no caso de se confirmarem, questionam se o Banco de Portugal «deve intervir (direta ou indiretamente) nesta matéria, por forma a ajudar as famílias portuguesas, nesta difícil conjuntura económico-financeira».

O requerimento foi subscrito, como informa a agência Lusa, pelos deputados Altino Bessa, João Almeida, Cecília Meireles, Artur Rêgo e Michael Seufert.