Os bancos renegociaram, em média, 125 créditos à habitação por dia entre 1 de Outubro de 2011 e 30 de Setembro de 2012, de acordo com os dados do Banco de Portugal citados esta quarta-feira pelo «Jornal de Negócios».

No total foram renegociados 45.613 contratos e os bancos acordaram também alterar as condições de 19.087 créditos conexos, também conhecidos como multiusos ou multiopções.

A grande maioria das alterações efetuadas aos empréstimos tiveram como objetivo antecipar a eventual entrada em incumprimento. Só em 19% dos casos o cliente já estava em situação de incumprimento, tendo pelo menos uma prestação do crédito em atraso.

Na maioria das renegociações, o alargamento do prazo de financiamento tem sido a solução apresentada pelas instituições financeiras.