Até dia 20 de dezembro, os contribuintes que queiram regularizar as dívidas ao fisco podem fazê-lo com condições mais favoráveis. É um desconto de 10% que vem na linha do objetivo do Governo de arrecadar entre 450 e 500 milhões, uma pequena parte dos quase 8 mil milhões de euros de dívidas contraídas pelas famílias e empresas ao Fisco e à Segurança Social.

Para quem queira regularizar as dívidas, terá de o fazer através do pagamento integral. O prazo começa esta sexta-feira.