A retalhista de tecnologia, Phone House, adquirida há um ano pelo grupo português Digital Place deverá conseguir resultados positivos já em 2016, depois de anos de prejuízo, apostando num reposicionamento no mercado e na modernização da rede de lojas.

Em declarações à agência Lusa, o presidente do conselho de administração da Digital Place (dos mesmos acionistas das empresas TLCI, MMCI e Mobile World) e da Phone House, Jorge Martins, destacou que “num ano foi possível reduzir os custos da empresa na ordem dos seis milhões de euros, sem perda de volume de negócios”.

“Reforçámos parcerias, estamos a oferecer mais serviços, com melhoria de receitas, conseguimos o ‘turnaround’ e já no fim deste ano devemos fechar com resultados positivos e com grande confiança e otimismo no projeto”, disse.