O défice provisório das administrações públicas até outubro foi de 6.409,1 milhões de euros, segundo os critérios relevantes para o programa da troika, de acordo com os números divulgados esta sexta-feira pela Direção-Geral do Orçamento.

De acordo com a síntese da execução orçamental, hoje divulgada pela DGO, nos primeiros dez meses do ano, o défice provisório das administrações públicas, relevante para efeitos de aferição do programa de ajustamento económico e financeiro, foi de 6.409,1 milhões de euros.

No mesmo período do ano passado, o valor do défice das administrações públicas foi de 8.068,5 milhões de euros.

O défice orçamental acordado com a troika (Fundo Monetário Internacional, Comissão Europeia e Banco Central Europeu) para o final de 2013 é de 8,9 mil milhões de euros.