A Somague vai avançar com um despedimento coletivo que abrangerá, pelo menos, 200 trabalhadores da empresa de construção. 

Depois da denúncia feita à TSF por Albano Ribeiro, do Sindicato da Construção, de que deverão ser atingidos 200 dos 800 funcionários da construtora, a TVI24 tentou contactar a Somague. 

Confirmámos que está a decorrer, na sede na empresa, em Sintra, uma reunião com todos os funcionários, mas não foi possível obter até ao momento mais informações. 

Há dois anos, a Somague despediu cerca de 273 trabalhadores. Em março deste ano, a empresa tinha salários em atraso.  

Este será o segundo despedimento coletivo na empresa desde 2015.