A criação de emprego nos Estados Unidos era dos dados mais aguardados da semana e causou surpresa. A maior economia do mundo criou bastante mais postos de trabalho do que o esperado pelos analistas.

Em fevereiro, foram criados 242 mil novos empregos, quando as previsões apontavam para 190 mil.

Ainda assim, a taxa de desemprego manteve-se nos 4,9%, de acordo com os números divulgados pelo Departamento do Trabalho.

Isto é, de resto, outro sinal de dinamismo, porque quer dizer que houve mais pessoas a entrar no mercado de trabalho.

De recordar que a taxa de desemprego de 4,9% é a mais baixa em oito anos.

Os investidores aguardavam estas estatísticas com expectativa. O índice industrial Dow Jones está a valorizar esta tarde mais de 0,2%.