As mais recentes estatísticas do Instituto da Segurança Social mostram que o número de beneficiários do Rendimento Social de Inserção continua a diminuir, havendo em julho menos 45.349 pessoas a receber esta prestação do que no período homólogo.

Os dados foram divulgados esta sexta-feira na página do Instituto da Segurança Social (ISS) e revelam que em julho havia 217.410 beneficiários a receberem o Rendimento Social de Inserção (RSI), o que representa uma quebra de 17,3% em relação ao mesmo mês de 2013.

Isto porque em julho do ano passado o número de beneficiários atingia os 262.759, mais 45.349 do que aqueles que agora recebem a prestação.

Comparando com o mês de junho, há igualmente uma descida, mas mais ligeira, já que nesse mês havia 218.665 beneficiários a receberem o RSI.

Na comparação dos dois meses, verifica-se uma quebra de 0,57%, o que significa menos 1.255 pessoas a terem direito a esta prestação social.

Os dados do ISS mostram que a maior parte dos beneficiários reside nos distritos do Porto (59.670), Lisboa (37.777) e na Região Autónoma dos Açores (18.330).

Os dados do ISS, atualizados a 15 de agosto, mostram igualmente uma quebra no número de famílias que têm direito a esta prestação social, contabilizando-se atualmente 93.348.

Este número representa um decréscimo de 14,7% em relação ao mês de julho de 2013, quando havia 109.448 famílias beneficiárias, o que representa menos 16.100 agregados familiares.

Também na comparação com o mês de junho a diminuição se faz sentir, já que nesse mês eram 93.731 famílias, o que significa que há menos 383 a receber esta prestação, menos 0,4%.

Na análise distrito a distrito, a distribuição altera-se ligeiramente, estando a maioria no Porto (25.888), Lisboa (16.271) e Setúbal (7.990).

Segundo o ISS, o valor médio por beneficiário em julho situou-se nos 90,67 euros e por família em 214,82 euros.