A vice-presidente do Governo espanhol anunciou hoje que o executivo está a preparar uma redução de impostos sobre o trabalho e de redução do imposto das sociedades, de 30 para 25%.

Soraya Saénz de Santamaría, que falava num encontro informativo em Madrid, explicou que essa redução de impostos se insere numa agenda «de apoio ao crescimento» para empreendedores e famílias.

Santamaria explicou que essa agenda, que será implementada nos próximos dois meses, pretende apoiar os empreendedores para que investiam e criem emprego, devolvendo às famílias e aos rendimentos de trabalho «os esforços que fizeram para sair da crise».

No âmbito de uma ampla reforma fiscal, explicou, o Governo vai baixar o imposto sobre os rendimentos, especialmente para as classes médias, reduzindo também o imposto de sociedades em cinco pontos, para 25%.

Serão ainda implementadas medidas para promover o crescimento, a competitividade e a eficiência que mobilizará um investimento de até 6.300 milhões de euros, com um novo pacote de medidas para o emprego, modernização dos serviços públicos de colocação e reforma do sistema de formação.