O construtor automóvel japonês Nissan anunciou hoje que vai recolher perto de um milhão de veículos na América do Norte devido a um problema que pode desativar os airbags.

Em causa estão 990 mil veículos de modelos fabricados em 2013 e 2014, incluindo a nova geração do Altima, refere a Nissan, aliada desde 1999 do grupo francês Renault, numa carta enviada à agência norte-americana de segurança rodoviária.

A Nissan não indica se teve conhecimento de algum acidente ou incidentes envolvendo os veículos assinalados.

Nestes veículos, o sistema de ativação de airbags «pode de forma incorreta considerar que o lugar ao lado do condutor está vazio, quando isso não acontece», adverte a Nissan.

Este aviso foi feito numa altura em que a General Motors, maior grupo automóvel norte-americano, está a ser alvo de um triplo inquérito das autoridades devido à recolha, considerada tardia, de 1,6 milhão de veículos nos Estados Unidos, México e Canadá por um defeito na ignição de alguns modelos, um problema associado a cerca de 30 acidentes que causaram 12 mortos.