Jornal das 8,

“Não temos interesse em ter uma empresa que é do Estado, o contrato é diferente do que assinámos”, adiantou.



“A TAP não tinha dinheiro, o Governo não podia colocar dinheiro na empresa. Todos os bancos concordaram em trabalhar connosco porque sabem que a que privatização foi essencial para colocar capital fresco na empresa”.




“Seja qual for desfecho TAP está melhor do que estava há um mês”




“Não vamos tirar nada da empresa, só estamos a por dinheiro. Espero que comece a gerar lucro para pagar dívida. Se não conseguirmos o Governo reassume a empresa, como uma empresa melhor”



“Acredito que estamos a fazer o melhor para Portugal, para os nossos tripulantes e para o Governo”.