Um estudo do IPAM ¿ The Marketing School indica que Cristiano Ronaldo será «o futebolista mais valioso da atualidade», com um «valor marca» de 50 milhões de euros, caso ganhe a Bola de Ouro da FIFA 2013.

«A investigação conclui que a imagem de CR7 está, atualmente, avaliada em 43 milhões de euros e que, nos próximos 12 meses, valorizará entre cinco e sete milhões de euros, caso o capitão da seleção portuguesa conquiste a Bola de Ouro e se torne no primeiro atleta português a conquistar o troféu pela segunda vez», indicou hoje em comunicado a escola de marketing portuguesa.

O trabalho, da autoria de Daniel Sá, docente do IPAM ¿ The Marketing School, analisa 26 variáveis em seis categorias, como «receitas, media, web, palmarés, social e impacto».

«O Cristiano Ronaldo surge no ranking de celebridades como a quinta personalidade mundial no top da música, cinema, televisão ou moda e é referido em 347 livros na Amazon e em 2.950 artigos científicos», explicou Daniel Sá, apontando o desempenho do atleta na esfera social como a que mais contribui para a valorização da marca «Ronaldo».

Na categoria «web», o avançado do Real Madrid obtém uma pontuação máxima de 100, refletindo os 70 milhões de fãs no Facebook, 23 milhões de seguidores no Twitter, 137 milhões de referências no Google e quatro milhões de vídeos no YouTube.

Já nas dimensões «receitas» e «social», o «astro» português regista 95 pontos.

«Ao nível de receitas, Ronaldo está entre os melhores. O salário do avançado do Real Madrid foi recentemente alvo de uma negociação, superando os 17 milhões de euros anuais», recorda o IPAM, que também contabilizou os patrocínios do português.

A média de todas as categorias é de 84 pontos, influenciada negativamente pela mais fraca das pontuações, os 64 pontos no «palmarés». Ou seja, Cristiano Ronaldo tem poucos títulos para o valor marca que gera.

Ao longo da carreira, Cristiano Ronaldo conquistou 13 troféus coletivos e cinco prémios oficiais individuais, disputou 541 partidas (ao serviço de Sporting, Manchester United e Real Madrid), tendo apontado 349 golos.

Em vésperas do anúncio do vencedor da Bola de Ouro 2013 (agendada para segunda-feira, numa Gala da FIFA em Zurique, Suíça), o IPAM considera uma eventual atribuição do prémio a Ronaldo «representará um aumento das receitas provenientes de patrocínios e direitos de imagem, aumento da exposição mediática a nível global, à valorização do palmarés individual do atleta, uma subida no ranking de celebridades».

No prazo de um ano, o IPAM estima que todas estas variáveis conjugadas representem «uma valorização de cinco a sete milhões de euros da marca Ronaldo», com impactos positivos, por associação, para o Real Madrid e a seleção portuguesa.

Na última vez que analisou o valor marca do argentino Leonel Messi, em março de 2012, o IPAM avaliou a «estrela» do Barcelona em 37 milhões de euros, com o palmarés do argentino a sobrepor-se à sua dimensão mediática e na web.