A criação de emprego nos Estados Unidos caiu em janeiro, na sequência do abrandamento da economia, mas isso não impediu que a taxa de desemprego tenha recuado ligeiramente para 4,9%, indicou esta sexta-feira o Departamento do Trabalho.

No mês passado, a economia norte-americana criou 151 mil empregos, quando tinha gerado 262 mil em dezembro. A taxa de desemprego caiu uma décima e passou para 4,9%, o nível mais baixo desde fevereiro de 2008.

Os analistas apontavam para a criação de 188 mil postos de trabalho e uma continuação da taxa de desemprego em 5%.