O Banco de Espanha deu esta quarta-feira por terminada a recessão, depois de ter apresentado estimativas de crescimento económico do país de 0,1% entre Julho e Setembro. Segundo o boletim económico da instituição financeira, citado pelo jornal El País, quebra-se assim o ciclo de nove trimestres consecutivos de crescimento negativo.

Estas estimativas terão agora de ser reforçadas pelo Instituto espanhol de Estatística, cujo boletim oficial será conhecido na próxima semana.