A Universidade Católica reviu esta quarta-feira em baixa as previsões de crescimento da economia portuguesa tanto para 2015 como para 2016, esperando crescimentos homólogos de 1,9% e 1,8%, respetivamente.

O Núcleo de Estudos sobre a Conjuntura da Economia Portuguesa (NECEP), da Universidade Católica, previa anteriormente que o Produto Interno Bruto (PIB) crescesse 2,1% este ano, face a 2014, e 2,1% em 2016, em relação a 2015.

As previsões divulgadas apontam para uma revisão em baixa de duas décimas tanto este ano como para o próximo, antecipando agora os economistas do NECEP um crescimento de 1,9% em 2015 e de 2% em 2016.