O Governo aprovou esta quinta-feira o novo Conselho de Administração da NAV Portugal, empresa responsável pelo controlo do tráfego aéreo em Portugal, após parecer favorável da Comissão de Recrutamento e Seleção para a Administração Pública (CRESAP).

Em comunicado, o Conselho de Ministros informa que designou Albano Coutinho para o cargo de presidente do Conselho de Administração NAV Portugal, e Francisco Gil e Egídia de Queiroz Martins como vogais, sob proposta dos ministros das Finanças e do Planeamento e Infraestruturas.

O Governo já tinha anunciado em final de junho a composição da totalidade do novo Conselho de Administração da empresa, o que levou os trabalhadores a desconvocarem uma greve que começava no dia seguinte.

Segundo o Governo, as nomeações receberam entretanto parecer favorável da CRESAP.

Albano Coutinho que, desde 2010, era inspetor de navegação aérea na Autoridade Nacional de Aviação Civil (ANAC), substitui Luís Coimbra, cujo mandato como presidente da gestora do espaço aéreo português tinha terminado em 2015.

Na ANAC, Albano Coutinho era responsável pelo licenciamento dos controladores de tráfego aéreo e representava Portugal nos grupos de trabalho da International Civil Aviation Organization (ICAO) para questões de navegação aérea.

Francisco Fernandes Gil integrou o Conselho de Administração da SATA e Egídia Pinto de Queiroz Martins foi assessora responsável pela avaliação e controlo dos projetos de investimento, orçamentos de exploração e controlo financeiro da NAV.