O crédito malparado voltou a bater um novo recorde no mês de agosto, divulgou esta segunda-feira o Banco de Portugal. No total, entre empresas e particulares, houve mais de 17 mil milhões de euros que deixaram de ser pagos à banca.

O crédito malparado voltou a bater um novo recorde no mês de agosto, divulgou esta segunda-feira o Banco de Portugal. No total, entre empresas e particulares, houve mais de 17 mil milhões de euros que deixaram de ser pagos à banca.

Segundo o BdP, são as pequenas e médias empresas que mais deixam de honrar os seus compromissos.

De acordo com o documento, mais de 12% dos créditos às empresas ficaram por pagar, num total de 12.019 milhões de euros. O malparado voltou a aumentar, depois de ter recuado em em junho e julho, face ao mês de maio.

Já no caso dos particulares, o incumprimento atingiu em agosto 5.237 milhões de euros, o que representa 4,4% do crédito concedido pela banca às famílias.