Com as novas regras aprovadas esta quarta-feira no Parlamento, a CES irá afetar 506 mil pensionistas da Segurança Social e Caixa Geral de Aposentações este ano, mais 166 mil que o inicialmente previsto, segundo o Jornal de Negócios.

As contas são da UTAO, que revela que, em média, cada pensionista da CGA irá perder 106 euros, enquanto os reformados da Segurança Social irão perder em média 76 euros mensais.

O aumento do número de afetados deve-se ao fato de o Governo ter alargado a incidência da CES a rendimentos de mil euros brutos em diante, enquanto até aqui estavam contempladas as pensões de 1350 euros em diante.