O Governo vai criar até ao final do ano um novo serviço das Finanças que vai concentrar todas as funções relacionadas com os contribuintes, anunciou esta terça-feira o secretário de Estado dos Assuntos Fiscais.

«Em 2014 será criado ao nível da Autoridade Tributária um serviço de apoio ao contribuinte¿, explicou Paulo Núncio, à margem da conferência 'Relações Fisco Contribuinte - Uma visão dos Tribunais, da Academia e da Administração Fiscal', depois de ter anunciado a criação do novo serviço na abertura do evento.

O governante adiantou que o objetivo do serviço de apoio ao contribuinte é o de «concentrar num único serviço todas as informações e todos os serviços que são prestados ao contribuinte» e defendeu que esta medida vai «melhorar a qualidade» e as «relações e a transparência» entre a administração fiscal e os contribuintes.

No novo serviço vão ser tratadas «todas as dificuldades e dúvidas» do fisco com o contribuinte, adiantou, explicando que esta concentração de serviços pretende «evitar que o contribuinte se desloque a vários serviços» para tratar de impostos diferentes, como o IVA e o IRS.