A Sonae Sierra estabeleceu esta quarta-feira uma parceria com a OST Development para a gestão de um centro comercial em Moscovo, com mais de 210 lojas e 2.500 lugares de estacionamento, cuja abertura está prevista para o final de 2014.

De acordo com um comunicado da empresa portuguesa, citado pela Lusa, «especialista internacional em centros comerciais», a Sonae Sierra assinou um acordo para a criação de «uma joint-venture 50/50 com a OST Development para o fornecimento de serviços de Gestão e Comercialização ao portefólio de desenvolvimento deste cliente de serviços».

Atualmente, a OST Development está envolvida no desenvolvimento de três projetos no centro da Rússia: O Centro Comercial e de Lazer Mozaica e o projeto multiusos Yasenevo, em Moscovo, e um complexo de lazer e entretenimento, em Tula.

Por enquanto a Sonae Sierra irá prestar os seus serviços de gestão e comercialização no Mozaica, que irá disponibilizar marcas como o hipermercado Lenta, cinemas Kinomax (com um ecrã Imax) Decathlon, Zara, Massimo Dutti, Stradivarius, Oysho, Pull&Bear, Bershka, Zara Home, H&M, Mango, Cortefiel e Deichmann, entre outras.

A Rússia apresentou uma taxa de crescimento do PIB de 2% no último trimestre de 2013. Com uma população de 145 milhões de habitantes, dos quais 11,5 milhões residentes em Moscovo e em que 27% da população tem menos de 24 anos e 46% tem entre 25 e 54 anos.

A Sonae Sierra é proprietária de 47 centros comerciais com um valor de mercado superior a 5,9 mil milhões de euros e está presente em 4 continentes e 14 países.

A Sonae Sierra gere e/ou comercializa 83 Centros Comerciais com uma Área Bruta Locável de 2,6 milhões de m2 e cerca de 8.300 lojistas. Em 2013, a Empresa registou mais de 406 milhões de visitas nos centros comerciais que gere.

A OST Development é uma empresa imobiliária russa, especializada no desenvolvimento e construção em Moscovo e noutras regiões do país. O portefólio da empresa inclui 0,5 milhões de metros quadrados de espaços comerciais e multiusos em Moscovo e Tula e ainda 0,3 milhões de metros quadrados de projetos comerciais, residenciais e de escritórios na capital russa e na cidade de Norilsk.