Portugal registou este ano a quinta taxa mais baixa de compradores ‘online’ entre os 28 Estados-membros da União Europeia, tendo apenas 31% dos portugueses efetuado compras através da Internet, revelam dados hoje divulgados pelo Eurostat.

De acordo com o gabinete oficial de estatísticas da UE, a proporção de europeus entre os 16 e 74 anos que encomendaram produtos ou serviços para uso privado através da Internet (os chamados 'ciber-compradores') conheceu uma evolução constante nos últimos anos, subindo de 30% em 2007 para 53% em 2015, mas Portugal registou um valor muito próximo daquele que era a média europeia há oito anos.

A taxa de 31% de 'ciber-compradores' registada este ano em Portugal fica apenas à frente de Roménia (11%), Bulgária (18%), Chipre (23%) e Itália (26%), e a par da Croácia.