O Governo aprovou esta quinta-feira a criação de duas linhas de crédito dirigidas aos produtores de leite de vaca cru e aos produtores de suínos, no valor de 20 milhões de euros.

Em comunicado, o Conselho de Ministros anunciou a aprovação do decreto-lei que cria duas linhas de crédito garantidas dirigidas aos produtores de leite de vaca cru e aos produtores de suínos, num montante de 20 milhões de euros.

A primeira linha de crédito, designada Linha Tesouraria, tem como objetivo apoiar encargos de tesouraria dos produtores, e a segunda, denominada Linha Reestruturação, visa apoiar a reestruturação de dívidas com instituições de crédito ou com fornecedores, relacionadas com a atividade desenvolvida pelos produtores.

Na mesma nota, o Governo destaca que "a criação de instrumentos financeiros capazes de dar resposta às necessidades destes dois setores revela-se fundamental tendo em conta a situação de dificuldade de acesso ao crédito em que os produtores se encontram".

Na semana passada, o ministro da Agricultura, Capoulas Santos, explicou que as duas garantias bancárias - cada uma até 10 milhões de euros - têm associado um sistema de garantia que facilitará a concessão de crédito pelas entidades bancárias.