O Conselho de Ministros aprovou esta quinta-feira uma linha de crédito bonificada para os produtores de leite, no valor de 50 milhões de euros, para empréstimos até um máximo de quatro anos.

Segundo o comunicado do Conselho de Ministros, os empréstimos, para apoio a encargos de tesouraria investimentos associados à atividade, são amortizáveis anualmente, com possibilidade de um ano de carência de capital.

Esta linha de crédito está integrada no Plano de Ação para Apoio ao setor leiteiro, apresentado na semana passada, que contempla um conjunto de ações para estimular o consumo de leite, incentivar as exportações, estabilizar os rendimentos dos produtores e promover a inovação e valorização dos produtos lácteos.