O défice orçamental caiu para 2,1% no primeiro trimestre deste ano.

É uma melhoria de 490 milhões de euros face ao mesmo período de 2016, por causa do aumento da receita, em particular dos impostos indiretos e contribuições sociais.

Os dados são do Conselho das Finanças Públicas que considera que esta descida permitirá ao Governo cumprir a meta de 1,5% fixada para o total do ano.

Já a dívida pública fixou-se em 130,5% no primeiro trimestre de 2017 um aumento de 2.426 milhões de euros face ao mesmo período de 2016.